Posts recentes
Search

Pele, Cabelo e Unhas

IBEL BH - Clínica de Estética e de Dermatologia em BH | Botox: Quando e como usar?

Botox: Quando e como usar?

Hoje, o botox se tornou um dos procedimentos mais comuns e mais realizados na área da medicina estética.

Muitos pacientes se queixam das tão indesejadas “rugas ou linhas de expressão” que vão surgindo e se intensificando ao longo da vida se não forem tratadas.

As linhas de expressão se devem à perda de colágeno que é responsável pela elasticidade e regeneração do tecido. Com a perda de colágeno e os movimentos contínuos de expressão na face, a pele começa a marcar e gerar uma aparência envelhecida, flácida e enrugada.

O uso da Toxina botulínica diminui a movimentação de alguns músculos do rosto, atenuando e eliminando as rugas que surgem na testa (a famosa “cara de brava”), entre as sobrancelhas e as rugas laterais dos olhos conhecidas como “pé de galinha”.

A toxina também pode ser utilizada para suavizar flacidez do pescoço, queixo, tratar transpiração excessiva (hiperidrose) que pode ser aplicado nas palmas das mãos, pés, axilas, couro cabeludo e para tratamento de bruxismo.

O aparecimento das rugas varia de uma pessoa para outra e envolve genética, cuidados diários com a pele, alimentação e hábitos cotidianos.

A ação da toxina costuma durar em torno de 4 a 6 meses, período que poderá ser reaplicada e deve ser feita por médicos experientes no assunto. A dor é considerada leve e pode ser aplicado anestésico antes da realização do procedimento.

Quanto usar o Botox?

E qual é a hora certa para realizar o primeiro botox? Não tem uma idade certa. Deve-se começar o tratamento quando as rugas começam a incomodar ou de forma preventiva, tanto homens como mulheres geralmente a partir dos 20 anos.

Para um resultado natural e sem qualquer aparência artificial, procure seu médico, faça uma avaliação e se apaixone pelos resultados.

IBEL BH | Benefícios do laser no rejuvenescimento facial

Benefícios do laser no rejuvenescimento facial

O laser, sem dúvida, está entre os procedimentos mais eficazes quando o assunto é rejuvenescimento facial. Mas afinal, o que é laser? É uma fonte de luz, capaz de chegar às camadas mais profundas da derme promovendo reestruturação, estimulando colágeno e gerando inúmeros benefícios. Entre suas vantagens podemos observar a suavização de rugas e cicatrizes de acne, melhoria em casos de flacidez e estrias, fim das manchas, vasos, tatuagens e pelos,  melhora do viço, brilho e textura da pele.

A avaliação deve ser feita pelo médico, para saber qual o laser indicado para a queixa e para o tipo de pele. Mais informações sobre número de sessões, recuperação e recomendações do procedimento são informadas também pelo médico.

Pele Bonita e Saudável? Conheça 10 dicas infalíveis | IBEL BH

10 dicas para uma pele bonita e saudável

Com certeza, o sonho de todo homem e toda mulher é alcançar e manter uma pele com boa aparência, com brilho natural e com firmeza. Principalmente quando a idade avança e os sinais do “tempo” começam a aparecer. Muito se fala sobre pele bonita e saudável, e são tantas dicas, que acabamos complicando muito aquilo que deveria ser hábito.

Em meio a tantos conselhos, nada melhor do que ouvir de um profissional a melhor forma de nos cuidar de modo fácil e que se adapte ao nosso dia a dia.

Mas como ter uma pele bonita e saudável?

Em uma conversa com nossos profissionais, fizemos uma lista simples e fácil para te ajudar a cuidar e alcançar resultados reais para a sua pele dos sonhos:

Beba bastante água

Essa é a primeira dica mais fácil e importante para se tornar um hábito na sua vida. A água ajuda a eliminar mais rapidamente as toxinas e melhoram o turgor da pele, hidratando-a de dentro pra fora.

Alimente-se bem

Para ter uma pele bonita é preciso cuidar da alimentação. Quanto mais colorida e variada a sua alimentação, mais tipos diferentes de nutrientes você vai ingerir, mantendo-se saudável. Você é o que você come.

Higienize a pele diariamente

Com tanta poluição hoje em dia, além de oleosidade, sua pele precisa ser bem limpa diariamente para se manter saudável . Escolha o produto mais adequado para você. Normalmente a pele masculina se adapta melhor aos géis de limpeza.

Hidrate a pele

Mesmo peles oleosas devem ser hidratadas diariamente, basta escolher o produto mais adequado para seu tipo de pele. Cremes, loções, água termal, enfim, existem vários. O medico especialista pode te ajudar a não errar.

Use bastante filtro solar

O carro chefe dos cuidados com a pele. Use diariamente com fator de proteção mínimo 30 e escolha o mais adequado para o seu tipo de pele (gel, creme, sérum, etc).

Pratique exercícios físicos

Além de manter a boa forma, o exercício físico ativa a circulação periférica, levando mais oxigênio à pele.

Faça quando possível tratamento com acido retinoico ou seus derivados (Peeling Químico)

Excelente ativo anti age! Mantém a pele fina e acelera sua renovação, além de ação clareadora.

Faça tratamentos com lasers

Os lasers costumam ser os equipamentos mais rápidos e potentes para o tratamento da maior parte das queixas dermatológicas estéticas. Podem ser indicados no tratamento de flacidez, manchas, rugas e estrias. O médico especialista indicará o melhor laser para você.

Faça aplicação de bioestimuladores, se houver indicação

Grande tendência da medicina estética atual para pacientes acima de 25-30 anos. Os bioestimuladores estimulam a produção de colágeno e elastina, mantendo ou devolvendo á sua pele firmeza e elasticidade.

Fala sempre limpeza de pele profunda

Diariamente nos expomos a poluição e diversos reagentes químicos que fazem mal e adentram a nossa pele. De 6 em 6 meses é indicado a limpeza profunda na pele, para retirar cravos, miliuns e impurezas. A limpeza profunda da pele, realizada por um profissional se torna insubstituível para a manutenção de uma pele bonita e principalmente saudável.

Blog IBEL BH - Instituto Belvedere | Cuidados Para Evitar A Queda Capilar

Cuidados para evitar a queda capilar

Por Dr. Rubem Miranda – Dermatologista Tricologista

Nesse post, queremos ensinar dicas básicas para cuidar e evitar a queda capilar. O primeiro passo é entender que seu cabelo precisa de cuidados diários. É importante saber cuidar e evitar todo tipo de agressão que causam danos ao couro cabeludo e fios. Em casos genéticos de calvície, são necessários cuidados específicos, que devem ser consultados pelo médico.

1 – CUIDE DA SAUDE DO COURO CABELUDO E DOS FIOS.

Quando o assunto é queda capilar, o primeiro cuidado que se deve pensar, é com o couro cabeludo.  Excesso de caspa ou couro cabeludo escamoso aumenta a queda. Use shampoos de boa qualidade, que além de limpar o cabelo, também protegem o couro cabeludo.

Massagear o couro cabeludo também ajuda a evitar a queda de cabelo, faça-o com óleos quentes pelo menos uma vez por semana. Massageie o couro cabeludo e todo o cabelo e deixe repousar durante a noite, de modo que o óleo possa ajudar a restaurar a humidade dos seus cabelos, reabastecer as raizes e fornecer-lhe alimento suficiente.

Existem também muitas máscaras para a saúde dos fios no mercado. É um dos produtos mais úteis e com custo benefício existentes. Use uma própria para o seu tipo de cabelo!

2 – CUIDADO COM A LAVAGEM E ENXAGUE DOS CABELOS.

É bom manter o hábito de lavar os cabelos pelo menos a cada três dias com um shampoo suave para remover toda a sujeira e poluição acumulada. Esse processo é importante para evitar queda devido à sujeira no couro cabeludo. Portanto, não se deve abusar nas lavagens, podendo gerar efeito contrário e além de retirar toda a sujeira, retirar também os óleos naturais, causando danos. Se o seu cabelo necessita de lavagens diárias, use um produto adaptado para isso.

Após a lavagem, enxague bem e retire o excesso de água delicadamente. Esfregar o cabelo vigorosamente sobre a toalha pode levar a quebra dos fios e torna-los mais frágeis.

Outra dica importante é evitar temperatura alta da água na hora da lavagem. A água quente abre os poros, tornando os seus folículos frágeis e levando assim, á queda.

3 – CUIDADOS PÓS LAVAGEM

É necessário cuidado com excesso de calor ou uso exagerado do secador. O calor excessivo pode enfraquecer as proteínas do cabelo, tornando-o mais frágil e quebradiço.

Tenha cuidado também com penteados que fazem uso de elásticos, clips de borracha ou rabo de cavalo apertado, pois tudo isto pode causar alopecia por tracção e levar a perda de cabelo.

4 – QUÍMICAS EM GERAL, NÃO SÃO UMA BOA OPÇÃO.

Tanto em coloração, como em alisamentos químicos com frequência podem causar danos, pois retira do cabelo as suas proteínas e nutrientes.  O ideal é cuidar da saúde dos cabelos e mantê-los hidratados com os nutrientes longe das químicas. Porém, se não é possível fugir das químicas, é necessário buscar alternativas que agridam menos. Busque proteger e fortalecer o cabelo antes da química para prepara-lo e continue os cuidados após a química com produtos destinados a esses cuidados. Existem também produtos naturais para coloração e alisamento que podem ser optados.

5 – CUIDE DA ALIMENTAÇÃO E CONSUMA AS VITAMINAS NECESSÁRIAS.

É possível ter uma boa dieta que fortalece os seus fios com ingestão de proteínas, vitamina C e ferro.

O seu cabelo é feito de proteínas, Por isso é necessário adicionar uma quantidade adequada na dieta. Inclua alimentos como carne e lácteos que são ricos em proteínas.

A vitamina C é um forte aliado para manter os cabelos fortes, brilhosos e saudáveis. Inclua alimentos como laranja e limão diariamente que são ricos em vitamina C.

Garanta também o ferro na dieta. O ferro no organismo ajuda a maximizar o crescimento capilar e evita a queda de cabelo. Inclua por exemplo vegetais verde escuro que são fontes de ferro.

6 – MANTENHA-SE HIDRATADO/A E EVITE FUMAR.

Um quarto do cabelo é composto por água, portanto, para ter um cabelo saudável, é necessário consumir uma quantidade suficiente da água diariamente. Beber água ajuda no crescimento do cabelo e o mantém hidratado.

Outra dica importante é evitar o cigarro. Um cigarro por dia pode reduzir o fluxo sanguíneo para o couro cabeludo, o que pode causar a redução do crescimento do cabelo.

7 – EVITE O STRESS.

Por último e não menos importante, evite o stress. Este é considerado o maior culpado por várias problemas de saúde, incluindo a queda de cabelo. Se você se sente estressado, combata fazendo algo que gosta, separando um tempo para descanso e silencio ou fazendo yoga e meditação.